<< voltar

Número: 269
Data: 25/01/2017
Título: MESÓCLISE E CONCORDÂNCIA VERBAL + BEM COMO

 --- Como se aplica a mesóclise no seguinte caso: o trarei? Gabriela Gonçalves, Campinas/SP

 

A mesóclise de “o trarei” é trá-lo-ei. Mas para evitar essa forma rígida e talvez um tanto esdrúxula, basta você colocar o pronome eu na frente do verbo: Eu o trarei de volta.  Ou seja, a mesóclise só é necessária quando o verbo inicia a frase, em texto formal: “Trá-lo-ei de volta amanhã, Vossa Excelência não precisa se preocupar”. No mais, é suficiente que haja um sujeito ou outra palavra iniciando a frase ou a oração para que se possa usar a próclise com os verbos no futuro. Essa próclise, aliás, torna-se obrigatória no caso de vir antes do verbo uma palavra atrativa do pronome átono, como o que e o não. Exemplos:
 
Jamais o trarei, jamais o trairei.
 
Não sei onde o livro está, mas o trarei de lá custe o que custar.
 
Amanhã o trarei aqui.
 
Se estou jurando que o trarei de volta, podes contar com isso.
 
Não o trarei para vocês – o gatinho recém-nascido vai ficar comigo.
 
--- Está correta a construção "João, bem como Maria, foi almoçar", isto é, o verbo da frase concorda apenas com o primeiro agente. Na minha modesta opinião acredito que a construção está correta.  Leonardo de Camargo Martins, Londrina/PR
 
Sim, está correta a frase "João, bem como Maria, foi almoçar", com o verbo no singular, por causa das vírgulas, que tornam "bem como Maria" uma intercalação. Neste caso o sujeito de “foi almoçar” é João (sujeito simples). Sem as vírgulas, ou seja, sem a intercalação o verbo iria para o plural, pois nesse caso temos sujeito composto:
 
João bem como Maria foram almoçar. = João e Maria foram almoçar. 
 
As locuções bem como ou assim como e apenas como no lugar do e podem ser usadas de forma intercalada quando o intuito é dar ênfase ao sujeito simples. É preciso observar que, ao fazer o verbo concordar com o primeiro núcleo, as duas vírgulas marcando o encaixe são obrigatórias:
 
Joinville, como Blumenau, é uma cidade florida.
 
Portanto a contestação, assim como a exceção, era tempestiva.
 
Dom João VI, bem como seus súditos, desembarcou no Rio de Janeiro.
 
Repetindo: se o redator, porém, deseja empregar bem como ou assim como à guisa da conjunção aditiva e, não vão as vírgulas e o verbo fica no plural:
 
Dom João VI bem como seus súditos desembarcaram no Rio de Janeiro.

Portanto a contestação assim como a exceção eram tempestivas. 
 
--- Qual frase está correta: “O prefeito João da Silva, acompanhado do vice, José da Silva, e do Secretário Manoel da Silva, esteve visitando as obras do parque São Luiz” ou “O prefeito João da Silva, acompanhado do vice, José da Silva, e do Secretário Manoel da Silva, estiveram visitando... ?”  R.C.
 
A opção correta é a primeira. Questão de concordância verbal parecida com a anterior, porém diferente no sentido de que aqui não temos uma intercalação com bem como. Neste caso o sujeito da oração é apenas o prefeito João da Silva: O prefeito João da Silva, acompanhado do vice, José da Silva, e do Secretário Manoel da Silva, esteve visitando as obras do parque... A oração que está em itálico é adjetiva explicativa, com o pronome relativo e o verbo de ligação implícitos: [que estava] acompanhado.

download PDF

<< voltar

Instituto Euclides da Cunha
Luiz Fernando de Queiroz, diretor
Rua Marechal Deodoro, 235 cj. 1204 - CEP 80020-907 - Curitiba - PR
Fone (41) 3223.6543 - linguabrasil@linguabrasil.com.br