<< voltar

Número: 251
Data: 14/09/2016
Título: FORMAS VERBAIS OXÍTONAS DEVEM SER ACENTUADAS

--- Alguns verbos, ao receberem o pronome em ênclise, com o hífen, recebem acento na última sílaba, sendo que não eram acentuados quando desacompanhados do pronome (ex. chamá-lo, vê-lo). Gostaria de saber quando colocar acento no verbo que recebe ênclise. Celso Luiz Bini Fernandes, São Paulo/SP

 

Começamos com os dois verbos mencionados pelo consulente: sabemos que “chamá-lo” e “vê-lo” se formam de chamar + o e ver + o. Ao receber em ênclise os pronomes átonos O, OS, A, AS (os únicos que começam por vogal), o infinitivo perde o R, que se transforma em L, unindo-se ao pronome. Vale isso para todas as conjugações: amar + o = amá-lo; vender + a = vendê-la; distribuir + os = distribuí-los; ferir + as = feri-las; pôr + a = pô-la. 

 

Deve-se notar que, no caso dos verbos da 1ª e 2ª conjugação – terminados em ar e er mais PÔR e seus derivados –, a forma verbal sem o R continua sendo oxítona, só que agora se tornou um vocábulo oxítono (ou monossílabo tônico) terminado em a, e, o, motivo pelo qual deve ser acentuado, assim como se acentua “babá, nenê, está, você, dá, dê, pó”. 

 

A regra é simples e clara: acentuam-se as palavras oxítonas e os monossílabos tônicos terminados em a, e e o. Em relação ao acento gráfico, deve-se levar em conta somente o verbo na hora de aplicar a regra, ignorando o pronome átono que vem depois do hífen:

 

É preciso reformar as instituições e prepará-las para as novas gerações.
 

E este livro? – Queira pô-lo na estante, por obséquio. 
 

A ideia é deselitizar a praça e devolvê-la ao povo. 
 

O hino? Vou compô-lo para as próximas efemérides.
 

Dê um jeito de fazê-la melhor, torná-la mais útil.
 

Não gostaríamos de lê-lo uma segunda vez – há outros livros à espera.
 

Vou apanhá-los em um minuto.

 

Se não se acentuasse o verbo em prepará-las, por exemplo, ele seria lido como paroxítono: prePAra-las, que equivale a preparas+as. Essa composição poderia ser usada numa situação assim: “Tu mesma fizeste as codornas? Estão deliciosas. Prepara-las muito bem.” Não importa que nenhum brasileiro se expresse desse modo. O fato é que as normas ortográficas não podem ser aplicadas somente quando nos convêm.

 

O mesmo tipo de acentuação vamos encontrar em formas verbais com dois hifens. Também neste caso cada segmento da palavra deve ser considerado isoladamente, razão pela qual é possível encontrar dois acentos gráficos no mesmo vocábulo, como vemos a seguir:

 

Dê-se-lhe o purgante imediatamente.
 

Amá-la-ei para sempre.
 

Fá-lo-ás por mim?
 

Vê-los-á em breve – a senhora pode confiar.
 

Repô-lo-ei na estante.
 

Magoá-la-íamos caso não a convidássemos. 
 

Devolvê-los-emos assim que tivermos as notas fiscais.
 

Pô-lo-íamos na tua mão agora, se tivéssemos todo esse dinheiro.

 

No tocante à 3ª conjugação, cabe lembrar que só recebem acento agudo as formas verbais oxítonas em que o i forma sílaba sozinho: distribuí-lo, construí-la, incluí-las, reconstituí-los. Compare com: puni-lo, extingui-lo, dissuadi-la, segui-las, defini-los.


download PDF

<< voltar

Instituto Euclides da Cunha
Luiz Fernando de Queiroz, diretor
Rua Marechal Deodoro, 235 cj. 1204 - CEP 80020-907 - Curitiba - PR
Fone (41) 3223.6543 - linguabrasil@linguabrasil.com.br