<< voltar

Número: 071
Data: 03/04/2013
Título: CRASE COM VERBOS

O universo dos verbos que admitem à ou às após si é relativamente restrito, pois se trata apenas dos verbos transitivos indiretos e, entre estes, somente daqueles que exigem complemento regido da preposição a. Nas frases abaixo, de construção semelhante, vamos perceber o mesmo verbo seguido de complemento com e sem crase (neste último caso, o complemento constitui ou o sujeito ou o objeto direto da oração):


Abandonou à própria sorte os filhos pequenos, aventurando-se com um marinheiro.
Abandonou a própria sorte quando resolveu fugir da bela vida que levava.


Vai à luta com você, pois solidário ele é.
Vai a luta ser desigual? todos nos perguntamos.


Fica à escolha do freguês levar um cupom ou ganhar um pequeno desconto.
Fica a escolha do novo modelo por conta do cliente.


Solicito acrescentar à lista de livros estes títulos: Mila 18, Os Ratos e Mad Maria.
Solicito acrescentar a lista de livros ao pacote que seguirá para a livraria.


A massagem relaxa e leva à mente o aquietamento.
A massagem relaxa e leva a mente ao aquietamento.


Favor anexar à folha 4 o mapa estatístico.
Favor anexar a folha 4 ao mapa estatístico.


Os sintomas incluem vômitos e desmaios e podem levar ao coma e à morte.
Os sintomas incluem desmaios que podem levar a morte a um paciente debilitado.


Sugeriu à CUT a concentração de esforços nas fábricas e no campo.
Sugeriu a CUT que concentrássemos esforços nas fábricas e no campo.


ARTIFÍCIO: TROCA DO FEMININO POR MASCULINO


Um bom artifício para confirmar se em determinada circunstância o verbo pede o à craseado é trocar seu complemento feminino por um masculino, de preferência sinônimos. Onde se usa ao, deve-se usar à, pois um à (a a) é o feminino de um ao (a o) . Exemplos:


Transmitiu à patroa / ao patrão os agradecimentos da equipe.

Muitos políticos acorreram à sede do governo / ao palácio para a solenidade.

Fale à moça. / Fale ao rapaz.

Essas medidas proporcionarão à população / ao povo melhores condições.

Subiram à primeira plataforma / ao primeiro piso e foram diretamente à sala / ao gabinete do diretor.

Anexar à folha 4 / ao volume II as informações suplementares.


download PDF

<< voltar

Instituto Euclides da Cunha
Luiz Fernando de Queiroz, diretor
Rua Marechal Deodoro, 235 cj. 1204 - CEP 80020-907 - Curitiba - PR
Fone (41) 3223.6543 - linguabrasil@linguabrasil.com.br