<< voltar

Número: 193
Data: 05/09/2015
Título: ONDE USAR ONDE (1)

--- Gostaria de esclarecimentos sobre a utilização correta de onde, no qual, na qual, em que. Tradutores do francês têm traduzido sistematicamente o francês por onde, mas em português isso depende do contexto, poderá ser em que, no qual, na qual etc. Gilmar Saint Clair Ribeiro, Itatiba/SP

 

--- Eu gostaria de saber qual a diferença entre o pronome relativo onde e o advérbio de lugar onde. D. O. H., São Paulo/SP

 

Onde, em termos de classe gramatical, pode ser pronome relativo ou advérbio (interrogativo de lugar: Onde estás?). A preocupação maior de revisores, tradutores e pessoas que desejam escrever com excelência reside no emprego do pronome, que tem sido usado a torto e a direito como se fosse universal, valendo por que, quando, cujo, no qual. Para esclarecer a questão vamos precisar de tempo e paciência.

 

O pronome relativo onde se refere a um substantivo antecedente de lugar:

 

A cidade onde moro é linda. 
 

Ideal para longas caminhadas, a orla permite uma visão da bela Baía Norte e conta com uma ciclovia onde bicicletas e patins disputam o espaço democraticamente.
 

Fomos fazer rafting, e o bote onde estávamos virou.
 

lugares no mundo onde se vive muito bem. 

 

À semelhança do pronome relativo quem, onde pode aparecer também com emprego absoluto, ou seja, seu antecedente pode estar latente, não expresso. Por exemplo, as frases “Eu nasci onde tu nasceste” ou “Todos procuram saber onde a Vera está” equivalem a dizer: “Eu nasci no lugar onde tu nasceste“ e ”Todos procuram saber o lugar onde a Vera está”. De um modo ou de outro, importa ver que o antecedente, explícito ou implícito, é um lugar ou a própria palavra lugar.

 

Também é importante ter claro o que se entende por lugar, ou a extensão do seu significado, que pode ser: espaço ocupado, povoação, localidade, região, posição, situação, classe, categoria, ordem, trecho ou passagem de um livro, de uma obra. Não há dúvida de que “cidade, ciclovia, bote e lugares no mundo” (os substantivos assinalados nas frases de exemplo) são antecedentes de lugar. A indecisão pode ocorrer quando se trata de domínios não geográficos, como decreto, lei, capítulo, cargo, partido, agremiação, esfera de ação, instituição etc.

 

Como foi possível observar acima, na acepção dos dicionários tais âmbitos também configuram lugar, o que amplia um pouco a nossa possibilidade de uso do pronome relativo onde:

 

Trata-se de reportagem sobre o Leste Europeu, onde são retratados os novos associados da UE.
 

Mostraram à professora as páginas do livro onde o autor descreve cenas de antropofagia.
 

Vigotski entende a cultura como a principal esfera onde é possível compensar a deficiência.
 

Os partidos onde ocorreram as irregularidades serão extintos brevemente.

 

Quando não tiver certeza se se trata mesmo de lugar, substitua onde por em que.

 

LUGAR EM QUE

 

O relativo onde pressupõe “o lugar onde”, o que pode ser dito igualmente como “o lugar em que”. Façamos a confirmação com os mesmos exemplos:

 

Nasci onde nasceste = Nasci no lugar onde nasceste = Nasci no lugar em que nasceste.
 

Todos procuram saber onde a Vera está = Todos procuram saber o lugar onde a Vera está = Todos procuram saber o lugar em que a Vera está.

 

Em suma, onde é substituível por em que, aspecto que voltaremos a ver na próxima coluna.


download PDF

<< voltar

Instituto Euclides da Cunha
Luiz Fernando de Queiroz, diretor
Rua Marechal Deodoro, 235 cj. 1204 - CEP 80020-907 - Curitiba - PR
Fone (41) 3223.6543 - linguabrasil@linguabrasil.com.br